Lehrenkrauscafe Forums Lehrenkrauscafe Forums Lehrenkrauscafe Forums
  #1  
Antigo 30-09-2008, 0:23
Avatar de Ace
Ace Ace está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 7.519
Padrão 356 - Descubra as diferenças

Quase tudo o que sempre quis saber sobre o 356
mas nunca teve coragem de perguntar


Parte 1
Sempre sonhei ter um 356.
Durante muito tempo não sabia, nem tão pouco me interessava, qual o modelo.

Hoje sei!!! Mas, como persiste em ficar fora do meu orçamento, continua a não me interessar.

Mas estou a divagar.

Acontece que um membro do fórum andou a “perseguir” um speedster, armado de baguetes e telemóvel, da dificuldade (comum à maioria de nós) em diferenciar os 356 saiu a inspiração para este tópico
Afinal, se todos distinguimos com alguma facilidade os 911 uns dos outros, porque não "descobrir as diferenças" dos 356?


Efectivamente se, à primeira vista, todos os 356 parecem mais ou menos iguais, existem variadíssimas versões e singularidades, fruto de evolução constante e dos melhoramentos sucessivos que adoptou, sem que quer o conceito quer a linha básica do modelo tenham sido significativamente alterados.

Não é pois evidente a distinção entre a panóplia de modelos, designações e variantes ao longo dos 15 anos de produção.

Pré-A, A, B, C, T1,T2, T5, T6 ou Speedster, Roadster, Convertible, Hardtop, Super, Carrera, etc, são designações associadas ao 356, muitas vezes de distinção difícil e que, para mais, não correspondem forçosamente às parcas inscrições afixadas na carroçaria.

Assim, este tópico tem como objectivo facilitar, aos não iniciados, as bases para a distinção entre os vários tipos, modelos e versões bem deste ícone da Porsche.

Para não ficar tudo demasiado confuso nesta primeira parte, vamos dedicar-nos apenas aos exteriores, deixando igualmente de fora (pelo menos para já) os carros produzidos em Gmünd, as “versões especiais” feitas a pensar na competição como os Carrera GTL (Abarth) ou GS/GT e “esquecendo” as diferenças entre os modelos Europeus e US.



O Type 356 (pré-A)

O primeiro dos Porsches alemães viu a luz nos primeiros dias de Abril de 1950, Komenda e a sua equipa tinham adaptado as suas linhas a processos de fabrico menos artesanais, daí resultando numa linha mais fluida, com um pára-brisas de maior dimensão, ao invés dos vidros laterais reduzidos por uma linha de cintura mais elevada. Em suma, a figura que nos habituámos a reconhecer nos 356 e que vai persistir durante toda a sua produção.


A característica mais marcante dos pré-A (com excepção do speedster) é o pára-brisas em V.

Basta este detalhe para identificar inequivocamente um pré-A.

Mas permite-nos ainda mais:


Entre 1950 e Abril de 1952 este pára-brisas é composto por duas partes, unidas ao centro por um perfil de borracha:


A partir de 1952 e até 1955, embora a forma se mantenha, o pára-brisas passa a ser uma peça única com uma dobra ao meio:


De notar a ligeira protuberância do tejadilho para acomodar estes pára-brisas.
Ainda durante 1952 aparecem mais algumas novidades, a pega do capot aumenta o seu tamanho e passa a integrar um orifício, enquanto os pára-choques, com dimensões ligeiramente maiores, se afastam ligeiramente da carroçaria

Até 1952


A partir de meados de 1952


Para 1953 o 356 vai apresentar-se com os piscas dianteiros reposicionados, passando a estar directamente abaixo dos faróis, enquanto na traseira o conjunto de farolins rectangulares/circulares sobrepostos são substituídos por dois redondos colocados lado a lado.

Esta configuração dos piscas dianteiros é única e vai manter-se apenas em 1953, já que em 1954, vão aparecer as pequenas grelhas de refrigeração dos travões.


Posicionamento dos piscas 1950 a 1952


Posicionamento dos piscas 1953

1954


A partir de 1953 os piscas aparecem integrados nas grelhas
(Este é um modelo de 1955. Porquê?..........já vamos ver)


Entretanto olhemos para a traseira

Até 1953 o 356 está equipado com 2 conjuntos de dois farolins sobrepostos,
sendo o inferior redondo e o supeior rectangular


A partir de 53 os farolins são redondos (os famosos beehive) e colocados lado a lado.
Esta configuração vai manter-se até 1957

E, já que nos fixámos nas traseira, note-se que nos pré-A a luz de matrícula está sempre colocada em posição superior à mesma, iluminando de cima para baixo.

Entretanto aproxima-se a chegada do Typ A, de forma que a única alteração visível para 1955 é a adopção de uma nova pega no capot. Mais comprida e mais larga, em alumínio polido e, mais importante, ostenta o escudo da Porsche.(mas sobre isso vão poder ler noutro local)





O Type 356 A



Apresentado no Salão de Frankfurt de 1955, o T-1 (de technical program 1) marca a primeira grande evolução do modelo, agora designado de 356A. Contudo a inovação não é manifesta no aspecto exterior. Visualmente a diferença mais evidente continua a ser o pára-brisas que passa a ser graciosamente curvo.





Também as jantes podem ajudar na distinção, não pela aparência mas pelo tamanho. O 356 A é equipado com jantes de 15 polegadas, em vez das 16 do 356 (pré-A).


Outro detalhe que pode ser revelador é a forma como as embaladeiras deixam de ser encurvadas e ganham um friso protector semelhante ao visto anteriormente no speedster.

356(préA):


356 A:



As novidades que justificam a nova designação têm mais a ver com a mecânica do que com a aparência, pelo que figurarão num futuro tópico.


Em 1957 são incluídas barras de protecção nos para-choques das versões US, as quais virão também a ser oferecidas, em opção nos modelos europeus.

A partir do Outono de 1957, ano-modelo de 1958 mais um pacote de aperfeiçoamentos (T2) para o 356A
As diferenças mais evidentes encontram-se desta vez na traseira:


As luzes de direcção, de presença e de travões são incorporadas num único elemento, em forma de gota.
A luz de matrícula passa a ser colocada em posição inferior à mesma.


Por sua vez, os escapes passam a ter as saídas através dos escudetes do pára-choques afim de aumentar a distância ao solo



Outras alterações, são visiveis nas portas:

Inclusão de ventiladores nos vidros, apenas nos cabrio (acessório que não se via desde os 356 de Gmünd)


Os puxadores são ligeiramente diferentes, acompanhando alterações nos mecanismos de abertura, sendo mais arredondados na parte de trás.

pré 57:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: ::::pos 57
:::


Em opção, são oferecidas as magnificas jantes cromadas Rudge com porca de aperto central



O Type 356 B
T 5



Em 1959 (ano/modelo de 1960) Marca a introdução de importantes alterações com a introdução do programa T-5. As mais evidentes são:

Os faróis são colocados em posição mais elevada com a consequente redefinição das linhas dos guarda-lamas.

T 2__________________________________________T 5

A frente é redesenhada, perdendo a protuberância dos modelos anteriores a passando a ter uma linha harmoniosamente curva de lado a lado


Também o capot se torna mais plano, ostentando uma pega de dimensões generosas, desta vez cromada, com o escudo Porsche

O tamanho e a altura ao solo dos pára-choques aumenta (bem como o design dos mesmos) e, para colmatar a diferença, a parte inferior da frente é arqueada, ganhando duas entradas de ar, de forma oval, para refrigeração dos travões. Os escudetes do pára-choques apresentam igualmente um novo desenho.



As portas, a exemplo do cabrio, passam a ter ventiladores nas janelas da frente



E são novos os tampões para as jantes, com o escudo Porsche


Novos piscas e grelhas
PréA e A________________________B e C
___

Na traseira, as luzes de matricula passam a ser duas e a estar integradas no pára-choques e, debaixo deste, surge uma luz de marcha-atrás.


Em 1962, o 356 sofre mais uma evolução significativa com o programa T6

Visível na foto a diferença na forma do capot e dimensão do pára brisas

T5__________________________________________________ _________T6

Entre o pára brisas e o capot, uma pequena grelha p/arejamento do habitáculo


E o bocal de enchimento de gasolina é colocado no guarda-lamas direito, deixando de ser necessário abrir o capot para abastecer


Já na traseira é de destacar a diferenças no tamanho do vidro e no capot de maiores dimensões e com dupla grelha

T5__________________________________________________ _________T6


O 356 C


Os últimos 2 anos de produção preenchidos com o 356 C, facilmente identificáveis pelas jantes, sobretudo pelos respectivos tampões: (que escondem os novos travões de disco)




Mas também pela designação "C" ou "SC" afixadas no capot motor

Responder com Quote
 

Opções do Tópico
Modos de Exibição

Permissões
Você não pode abrir novos tópicos
Você não pode inserir respostas
VocÊ não pode anexar ficheiros
Você não pode edita suas mensagens

BB code é Ligado
Smilies estão Ligado
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado

Ir para...

Tópicos Similares
Tópico Tópico Iniciado Por Fórum Respostas Última Mensagem
Propaganda & Publicidade - Diferenças na opinião do Diácono Diácono Luís LOUNGE (OFF-TOPIC) 496 09-05-2018 17:00
Descubra as diferenças Rambo PASSATEMPOS 8 12-11-2009 10:47
993 3.8 diferenças entre varioram e não varioram PMatos 9 AR 5 27-06-2009 21:32
996 fase 1 e fase 2 quais são as diferenças ? Vesete 9 ÁGUA 28 27-05-2009 23:11
Porsche Vs Ferrari: descubra as diferenças zico PORSCHISSES 23 14-02-2009 18:14


Horários baseados na GMT. Agora são 0:02.

Direitos Reservados 2009 – www.lehrenkrauscafe.com - O site "LEHERNKRAUSCAFE" e o seu conteúdo, é um site não comercial, de entusiastas, e NÃO é Patrocinado, associado, aprovado, endossado ou de nenhuma forma afiliado com ou pela Dr.Ing. h.c. F.Porsche AG ("PAG"), ou qualquer uma das suas Subsidiárias ou representantes. PORSCHE - PORSCHE CREST - PORSCHE DESIGN - CARRERA - TARGA - TIPTRONIC - PORSCHE SPEEDSTER - VARIORAM - CVTIP - VARIOCAM - BOXSTER - CAYENNE - CAYMAN - TEQUIPMENT - VARRERA - PCM - RS - 4S - PAN AMERICANA - TECHNORAD - PORSCHE BIKE S - PORSCHE BIKE FS - P AND DESIGN - 911 - 356 - 959. THERE IS NO SUBSTITUTE e outros nomes de produtos Porsche, números de modelo, logótipos, símbolos comerciais, nomes de marca, e lemas, são marcas registadas e as formas distintas do automóveis Porsche são propriedade da PAG e estão protegidas pelas leis internacionais de marcas. Todas as fotografias e outros conteúdos neste Site foram obtidas através de canais aprovados ou do domínio público e não tencionam infringir nenhum direito reservado. Caso Você acredite que por qualquer razão este Site possa estar acidentalmente em violação dos seus direitos reservados, contacte-nos e removeremos os respectivos conteúdos de forma imediata.